Entrevista a Cristóvão Crespo, candidato do PPD/PSD à CM Monforte

Santo Aleixo

– Umas palavras para a população de Santo Aleixo?

A primeira palavra para a população de Santo Aleixo é que estamos mais uma vez presentes, para que possam validar as nossas propostas e a nossa disponibilidade. Com equipas experientes, com jovens e menos jovens, homens e mulheres, gente com pensamento estratégico bem estruturado e gente com forte capacidade operacional, com capacidade para levar à prática o nosso projeto para a Freguesia e o Concelho.

Acreditamos que podemos dar um forte contributo para a resolução dos problemas das pessoas, e não são poucos.

Tanto as pessoas da lista à Câmara Municipal, à Assembleia Municipal como da Assembleia de Freguesia, tem identificados os principais problemas com que as pessoas da freguesia se veem confrontadas, e a nossa missão é ir resolvê-los.

– Principais promessas para Santo Aleixo?

O nosso compromisso é trabalhar com dedicação para resolver os principais problemas existentes e dar corpo às ambições que pretendemos para a Freguesia.

Por esse motivo apresentamos equipas de confiança, onde todos estão profundamente envolvidos no projeto, equipas ricas de diversidade, mas todos empenhados por respeito às pessoas e em coerência como os nossos valores humanistas e de solidariedade.

Claro que a principal preocupação terá que ver com as situações que carecem de resolução mais urgente, por exemplo, o regular e condigno fornecimento de água com qualidade a todos, mas não podemos esquecer a sempre prometida e adiada melhoria do acesso à Orada, ou a criação de digna zona verde o a requalificação do ringue.

– Qual a sua relação com a população de Santo Aleixo?

A população da Freguesia não é um conjunto indistinto de pessoas, são pessoas concretas, a Maria, o Manuel, pessoas com as quais vamos contactando e vamos criando laços, convergências ou divergências que nos enriquecem mutuamente e permitem ter confiança mútua.

Este processo tem vindo a ser aprofundado com o tempo, e o conhecimento da realidade está perfeitamente assimilado, e permite-nos ter e dar confiança que será possível aproveitar as enormes potencialidades das pessoas e do território.

– Principal problema da freguesia que promete ver resolvido?

Existe sempre, em momentos pré-eleitorais, por parte do executivo em funções, a tentativa de recuperar o tempo perdido ao longo do mandato, para encobrir os falhanços e falta de ação de 4 anos.

Este ano em Santo Aleixo nem isso é visível, mas não foi por ter resolvido os principais problemas, é mais grave, considera-se com estatuto suficiente para não cumprir com o que se comprometeu, as necessidades da população.

O exemplo mais evidente e paradigmático é o péssimo serviço de fornecimento de água à população, com cortes sucessivos e reiterados que vão sendo resolvidos por edital da comunicação de corte.

O problema não se resolve com os editais dos cortes, o problema resolve-se com a obra que evite os cortes, este é clara e evidentemente um problema a necessitar de resolução urgente para a freguesia, e não é de hoje é de há muitos anos.

– Alguma coisa para dizer que tenha ficado esquecido? Se sim, o quê?

Ao longo dos últimos anos temos estado a trabalhar para encontrar soluções, efetuando propostas e sugestões para a melhoria das condições dos munícipes, nos órgãos onde estamos representados.

Acompanhamos com preocupação algumas das debilidades que têm sido criadas, a nível ambiental, não resolvidas, outras ao nível da segurança.

Faz todo o sentido por Respeito aos que confiam em nós e à população do Concelho, prosseguir o trabalho no sentido de poder assumir mais responsabilidades.

Propomos soluções em Coerência com os nossos valores e o nosso trabalho, para assegurar um futuro com mais qualidade.

Por Respeito e Coerência

Contamos com Todos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *