Munícipio e Agricultores unidos em solidariedade

Notícia publicada por CM Monforte

Após vários apelos das regiões altamente afetadas pelos incêndios florestais, onde uma das maiores dificuldades era arranjar alimentação para o Gado, o presidente da Câmara Municipal de Monforte, Gonçalo Lagem, lançou um desafio aos agricultores do Concelho. Estes, por sua vez, responderam prontamente e, numa atitude de grande generosidade e nobreza, foi possível entregar a Pampilhosa da Serra, no dia 23 de outubro, 20 toneladas de feno e 7 sacas de concentrado. No dia 25 de outubro, entregaram-se em Penacova 20 toneladas de palha e, no dia 27, mais 20 toneladas em Arganil. Na próxima semana, irão ser entregues em Oleiros mais 20 toneladas de palha. O transporte foi suportado pelos Municípios de Monforte e de Fronteira.

Todo este empenhamento e dedicação já atingiram tais proporções que têm sido vários os órgãos de comunicação social a dedicar-lhes grande destaque.

No dia 27, a RTP enviou a Monforte uma equipa de reportagem para acompanhar um dos carregamentos, este destinado a Arganil, e onde entrevistou o Presidente da autarquia e dois agricultores solidários que se encontravam no local, José Catarino e Manuel Sevinate.

Em declarações, Gonçalo Lagem referiu, que “é uma honra presidir ao Município de Monforte e contar com uma comunidade de excelência, generosa e altruísta. Estou profundamente sensibilizado por estarmos a ajudar pessoas a reerguerem-se de uma fatalidade como a que atingiu o Norte e Centro do País. No caso dos agricultores, este gesto tem duplo significado, pois estão a partilhar um bem que, este ano, em particular, de seca extrema, lhes está a fazer imensa falta. Ainda assim, todos contribuíram! Também as pessoas, em geral, não sendo agricultores, quiseram associar-se a esta onda de solidariedade adquirindo sacas de concentrado que fizemos chegar em camiões aos Concelhos afetados. É impressionante a gratidão e a emoção com que as pessoas aceitam estes bens. Valorizam de tal forma este gesto que nos abraçam com uma energia tremenda e muito emocionados”.

“Após os incêndios, uma das coisas que fazia muita falta era comida para os animais”, continuou o autarca. “Portanto, tudo isto começou quando a Paula Silva, natural de Penacova, me sensibilizou para essa necessidade e quando também o Presidente da Pampilhosa da Serra, sendo meu amigo, me fez chegar a mesma preocupação. Foi magnífica a resposta ao apelo que lançámos e mesmo as pessoas que só perceberam mais tarde que estava a decorrer esta onda de solidariedade, vieram ter comigo, emocionadas, dizendo que também queriam contribuir porque sabiam bem o que é querer alimentar os animais e não ter o que lhes dar de comer… Foram relatos impressionantes!

No primeiro camião, com destino a Pampilhosa, foram 40 fardos dados por diversos agricultores e o transporte foi assegurado pela Câmara Municipal de Fronteira, que também se associou a este apelo. Com a divulgação desta ação, apareciam cada vez mais pessoas a querer oferecer e cada vez mais pedidos de outros Concelhos. Surgiu, então, Arganil através do apresentador do Bom dia Portugal, João Tomé de Carvalho, e a seguir, acreditando que por influência Divina, como Cristão que sou, o Engº Manuel Sevinate ligou-me a dizer que contasse com um camião cheio. Também o Engº José Maria Falcão já tinha dado um camião completo que foi para Penacova. Depois recebi, através do Messenger do facebook, um pedido de uma senhora, Amélia Gama, para Oleiros. Como tínhamos alimentos que não couberam nos transportes anteriores, dissemos, também, claro que sim! O objetivo é esse mesmo! As entregas são sempre testemunhadas pelos presidentes das Câmaras dos respetivos Concelhos e são eles que fazem a distribuição a quem mais precisa. O registo tem sido publicado no facebook, para que também as pessoas que dão se certifiquem que a sua generosidade chegou às mãos de quem efetivamente precisa e onde faz mais falta. Estou muito grato por sermos úteis e estarmos a contribuir na ajuda a essas populações. Orgulho-me de ser Monfortense e Português.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.