Entrevista ao responsável do PSD em Monforte: António José Vieira

– Quais os planos do seu partido para Santo Aleixo?

Os planos do Partido Social Democrata, para a Freguesia de Santo Aleixo, deverão passar por validar e continuar apoiar a construção do Lar, solução que sempre defendi, e que na altura entendia ser possível, através de parcerias que envolvessem a Fábrica da Igreja de Monforte (Paróquia de Monforte), o Instituto de Segurança Social de Portalegre e a Autarquia de Monforte, solução que foi demorada, mas felizmente agora encontrada. A promoção de emprego com este investimento social é um dos factores muito positivos, somando a este um outro que se relaciona com os laços afectivos, que passará pelo regresso dos reformados e idosos da Freguesia de Santo Aleixo, que se encontram em lares de outras localidades, sendo deveras importante o regresso destes bons cidadãos à sua Freguesia Natal. Um outro plano passará por criar mecanismos, que captem investimentos direccionados para o mundo rural e outras áreas de interesse, que tenham por objectivo fixar os jovens na Freguesia, dotando os mesmos de uma formação adequada, que no futuro os valorize, tendo em vista as ofertas de emprego.

– Alguma grande novidade em vista?

Tendo em conta as restrições, que cada vez mais penalizam, os Municípios do interior, as grandes novidades são cada vez mais coisa rara, tudo porque o Município de Monforte e outros de igual dimensão, não têm qualquer tipo de influência, junto do Poder Central, não havendo por parte deste, qualquer tipo de interesse em dar atenção às reivindicações, de Municípios, que apresentam uma carga de endividamento, que não se pode esconder, por mais que se consiga pagar o total da divida a curto prazo.

– O que se pode mudar no Concelho?

Qualquer mudança a nível do Concelho de Monforte, passa pela criação de uma estratégia, que valorize o território do Município, promovendo com toda garra as suas potencialidades, e dando mais atenção às empresas existentes, no sentido de manter as mesmas, por muito tempo, e com isso absorver mais empresas atraídas pela sua centralidade, e pela sua rede de acessibilidades rodoviárias existente.

– O que tem achado do mandato do atual presidente da Câmara?

Acho um mandato igual a outros tantos, talvez com pequenas mudanças na forma, mas não fugindo em nada ao estilo dos seus antecessores, estando os cidadãos do Município a isso já habituados.

– Quais os objetivos para as próximas eleições, a realizar no próximo ano?

Esses objectivos, espero em breve ver traçados, pela Estrutura Distrital do PSD a nível Distrital (Portalegre), liderada pelo Dr. Armando Varela, uma reconhecida competência e conhecedor do Distrito, que saberá com equipa que o acompanha encontrar os candidatos certos, para cada um dos Municípios do Distrito de Portalegre, onde o Município de Monforte está incluído.

– Já há candidato à Câmara do seu partido? Quem?

Ainda não. Mas lá para Fevereiro julgo já haver por parte da Distrital do PSD, um(a) bom (boa) candidato(a) ao Município de Monforte.

– O melhor e o pior do Concelho?

O melhor do Concelho: as suas gentes, os seus empresários e o seu potencial que infelizmente continua subaproveitado.

O pior: De eleição autárquica em eleição autárquica, e passados 40 anos de Poder Local Democrático, tudo continuar quase na mesma, veja-se o decréscimo da população a nível do Município e a falta de investimentos, factor decisivo para o desenvolvimento de qualquer localidade.

 

Caro Jorge Pires, aproveito este para lhe desejar as Boas Festas, assim como a todos os cidadãos de Santo Aleixo Um Feliz Natal e Um Ano de 2017 também Muito Próspero.

NB: Escrito de acordo com anterior ortografia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.