Entrevista a Joaquim Piçarra

No passado dia 10 de Abril de 2009, desloquei-me às instalções da Junta de Freguesia de Santo Aleixo, com o  intuito de apresentar este site ao Sr. Presidente da Junta de Freguesia, o Sr. Joaquim Romão Barraco Piçarra. Depois dessa apresentação, falámos um pouco e aqui fica um excerto dessa conversa.

– Qual o Balanço que faz dos 8 anos como presidente da junta?

Tem sido muito complicado, devido sobretudo à falta de fundos financeiros. Também esperava mais em termos financeiros da Câmara Municipal de Monforte. O ambiente entre todos nós, na junta e assembleia de freguesia é muito bom, tudo da melhor forma, com entendimento e diálogo.

– Qual a coisa que mais alegria lhe deu em fazer? E a que o deixou sem dormir?

O que mais alegria me deu fazer foi a inauguração do Brazão da Freguesia. Foi um trabalho muito complicado de pesquisa e prospecção de todos os símbolos. O pior é naturalmente a questão da praça da Touros, visto que passado 15 dias de tomar posse, recebi uma carta do advogado para entregar as chaves da praça de touros, caso que acabou em tribunal como todos nós sabemos.

– Como encontrou a junta de freguesia há 8 anos? Melhor ou pior do que estava à espera?

Encontrei exactamente como estava à espera. Tentámos reabilitar financeiramente a Junta de Freguesia,  mas a falta de apoio da Câmara, em termos financeiros, torna tudo mais complicado.

– Como é a sua relação com o presidente da câmara de Monforte?

É boa, não tenho razão de queixa para com o Presidente da Câmara. Só mesmo a falta de verbas para Santo Aleixo.

– O que acha do site?

Gostei muito. E aprecio muito a iniciativa e dou os parabéns a ti próprio que tiveste essa ideia. Tenho pena de não termos mais disponibilidade tanto financeira como pessoal para puder ajudar.

– O presidente da Câmara disse à cerca de dois anos, que até às eleições deste ano, era sua prioridade toda a população de Santo Aleixo ter saneamento básico. Esse projecto está concluído?  E o projecto do lar de dia e de noite?

Em relação ao saneamento básico, está tudo resolvido. Sobre o Lar, o projecto está parado. Somos a única freguesia do Concelho que não tem um lar [Apenas existe um centro de dia]. Apesar de ser um projecto particular em conjunto com o Centro Paroquial de Santo Aleixo, penso que poderia avançar muito mais depressa do que está a correr.

– O que achou da iniciativa do Convívio de Santo Aleixo?

Foi uma das iniciativas mais importante que Santo Aleixo viveu. Tenho muita pena que tenha acabado, mas faço votos para que no futuro se realize de novo.

– Defina Santo Aleixo numa frase?

Um sítio bom para viver, muito agradável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.